Vôo Direito ao Sol – Alexandre Delgado O’Neill

Voo_ADON“vôo direito ao sol” – Um dia, a passear com um amigo, em direcção a poente, ele disse-me: _ se continuássemos sempre a andar nesta direcção nunca ficaria de noite. Alexandre Delgado O’Neill fez esse percurso, até a um ponto do outro lado do oceano, de Lisboa a Boston, num “vôo direito ao sol”.

 

Esta exposição mostra-o, através das suas fotografias, num tributo de amigos a um autor para quem o tempo foi imensamente e intensamente curto e a luz sempre um elemento básico da vida, como o ar. Atravessam-se geografias, dias, referências, memórias nesse vôo imaginado em que o sol não nos fere nem os olhos nem as asas.

Luísa Baeta


A exposição estreia 5ª feira, 17 SETEMBRO às 19.00h, na Galeria Monumental, Campo dos Mártires da Pátria, 101.

“vôo direito ao sol” in “Ferida”, poema de Alexandre Delgado O’Neill, de 28-09-1991

Fonte: página do evento.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.