A Razão – o TAS no Luísa Todi

TAS_A_Razao_featured-376x288“O homem mata a (sua) mulher. A mulher recusa-se a estar morta.O médico faz o parto à mulher morta. A amante pede ao homem para matar a mulher. A amante morre… Não, não. A mulher morre. O Juiz que decida! O homem não está louco. Não está louco. Louco!”

Com encenação de Carlos Curto e interpretação de Miguel Assis, José Nobre, Sónia Martins e Célia David, “A Razão” baseia-se no conceito absurdo da obra de Jorge Palinhos “O Auto da Razão”, sátira às relações de violência, intolerância e degradação dos valores humanos em que assentam as relações mais íntimas.

A peça do TAS – Teatro Animação de Setúbal alerta para questões fundamentais da sociedade, vivências e dramas humanos de importância decisiva, relatos anónimos de situações de extrema violência, em contextos diversos e formas díspares, mas tendo em comum um universo complexo de feridas abertas na carne, literalmente.

As imagens e o olhar dos outros, a violência e os espetadores da violência, crimes à vista de todos, ignorados, consentidos tanto com a nossa indiferença, como com a nossa ânsia de protagonismo.

Este espetáculo resulta de uma parceria do TAS com a SEIES – Sociedade para o Estudo e Intervenção em Engenharia Social.

Fonte: Forum Municipal Luísa Todi

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.