FRAGMENTOS DO TRATADO SOBRE O AMOR, “LIVRO DE EROS” | Casimiro de Brito | IMAGEM DE NIKIAS SKAPINAKIS

4222
Amando-te lembro a primeira vez que senti o sangue, a primeira vez que regressei ao centro do mundo.

4223
Ela fere-me. Há facas doces.

4224
Ainda que me afunde no corpo amado e com ele me funde jamais poderei colher a sua música e a sua seiva que, oferecendo-se, se recusa. E vivo simulacros. Os dela, vénus e os meus que, tentando concentrar-se, se multiplicam. E assim renasce e volta a renascer a flor da juventude — esforço vão e inadiável para possuir o que, para sempre, se outra.

4225
Até na tua sombra te reconheço.

4226
A mulher é obscura e, subitamente, ilumina-me. Encandeia-me. E então fecho os olhos para vê-la melhor. E para me salvar.

4227
A mulher, vejo-a, encandeio-me. Ela é a mais íntima reprodução da luz.

4228
Deixei de te amar e nunca saberei porquê. Dói. O que foi delicado e luminoso obscureceu. Mas subitamente senti em ti um fantasma, e doeu. Elevou-se um grito depois do vazio — e esse vazio afunda-me mas depois fecho os olhos, caio nas manhãs antigas e deixo novamente de saber quem sou.

4229
O vestido da minha amada, tão branco, tem todas as cores de que preciso.

4230
Sinto-me um seixo nas mãos de quem amo, dentro das veias da minha amada. Um pequeno seixo que irradia uma luz que eu não conhecia. Mas que tu recebes no teu seio como se outra luz não houvesse. E talvez — outra igual — não haja.

4231
Deixa-me escrever um pouco mais, um pouco mais silenciosamente no papel do teu corpo.

Retirado do Facebook | Mural de Casimiro de Brito

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s