A IMPOTÊNCIA EUROPEIA | Fonte Agência MTI | Hungria

Os Estados Unidos mandam. A Europa obedece. O CMI factura. O “povão” infeliz bate palmas. (vcs)

O presidente da Assembleia Nacional da Hungria (parlamento), Laszlo Kover, disse no domingo que a União Europeia pode ser considerada uma perdedora no conflito ucraniano, já que o bloco tem atuado contra seus próprios interesses económicos.

Hoje, a União Europeia “está sob pressão externa, é incapaz de restabelecer a paz diplomaticamente, está agindo contra seus interesses fundamentais e pode ser considerada uma perdedora independentemente de qual dos lados diretamente envolvidos em operações militares se apresente no inverno ” – disse Kover, segundo a agência de notícias MTI da Hungria.

Para Kover, nas circunstâncias actuais, Bruxelas tem “servido a grupos de interesses não europeus”, o que condena a UE e seus países membros à “vulnerabilidade militar, dependência política, inviabilidade económica e energética e desintegração social”.