O abraço dos fora de série | Gianluigi Buffon e Cristiano Ronaldo

Quando o jogo acabou Buffon despediu-se de todos, dos companheiros, dos jogadores do Real Madrid e dos adeptos, mas houve um abraço que ficou para o fim. Foi a Cristiano Ronaldo, o homem que marcou na sua baliza um golo que ficará para a história, mas que o guarda-redes reconhece ser “um campeão de nível extraordinário”. E ficou com a camisola do português.