De noite…navegamos… | um poema belíssimo de Sónia Sá

O teu desejo
desperta-me de noite.
O mar do teu corpo
enche-me a maré do sonho.

Afastas-me o sono
na onda da tua língua,
nos sussurros das tuas palavras.

Acordas-me pouco a pouco,
no teu cheiro de maresia
que me embriaga
no balanço do teu oceano.

Iças as velas,
consultas a bússula,
traças rota
e rumamos para águas desconhecidas.

Agarras-me no meu desequilibrio,
transpomos fronteiras insanas,
navegando na imensidão do querer.

Sónia Sá

 

Sonia