Festival Materiais Diversos | de 5 a 17 de outubro 2021

O Festival Materiais Diversos está quase a começar. Dia 5 de outubro, inicia-se o evento com uma das onze conversas que irão decorrer durante os 12 dias do festival.
Este ano, o Festival foca-se na desaceleração, inscrição, pluralidade e acessibilidade, procurando colocar no centro as pessoas e as relações e fazendo do festival um momento especial numa programação regular, dando, assim, início a uma nova fase, depois das suas 10 edições celebradas em 2019. O festival decorre entre 5 e 17 de Outubro, no Cartaxo, em Minde e Alcanena, o festival volta-se para o encontro e a reflexão e coloca em destaque as conversas e a caminhada como espaços de partilha, em relação de igualdade com espetáculos e projetos de artes performativas.

Deixamos alguns destaques que podem ser do vosso interesse:

– Paraíso Bruto. Durante três residências, o Teatro Frio esteve a conhecer o jardim junto ao Centro de Convívio do Cartaxo e quem o habita. Agora, durante a próxima semana, irá mostrar as soluções e o mobiliário sugerido para uma melhor harmonização do espaço. Esta actividade é acompanhada da conversa “E depois do Paraíso?” e de Human Jukebox.

– Subterrâneo. É uma criação de Bruno Caracol, resultado de um estudo feito à Serras D’Aire. Com a visita ao Polje, em colaboração ao Movimento Mira-Minde.

– Caminhantes, da Carolina Cifras ou com a Ana Trincão. Para esta caminhada reflexiva de dois dias convidámos profissionais das artes em Portugal para pensarem novas formas de se trabalhar as artes e a cultura no país. Esta atividade culmina numa conversa a acontecer no dia 16, em Alcanena.

Há ainda uma vasta programação de conversas, entre elas uma dedicada ao tema “Como comunicamos cultura?”, em que se convidam vários profissionais para dialogar e para a qual gostaríamos de o convidar também; as conversas “Que paisagens pode um festival criar?”, a partir do livro Paisagens Imprevistas (editado em 2020), e que se dedica a problematizar o que é isto de fazer festivais fora das grandes urbes; Depois há ainda as conversas: “Que futuros tenho eu aqui?”, “As artes podem incluir todas as pessoas?”, e outras que se relacionam com diferentes temáticas. Podem consultar em: 2021.materiaisdiversos.com

A Elisabete Paiva, diretora artística do festival, está disponível para ilustrar melhor estes novos pilares do festival e os formatos que se querem para o futuro em entrevista. Se for do vosso interesse, também posso facultar os horários dos ensaios de imprensa.

Deixo o link para o Dossier de Imprensa e o link do Comunicado de Imprensa enviado esta semana. Se for necessário envio mais informação.

Até breve!
JOÃO NUNES SILVA
Assessoria de Imprensa | 2021.materiaisdiversos.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.