34) – C19 Upshot | Ideologia e coronavírus | Como é que um vírus se espalha nas cidades? É um problema de escala | Paulo Querido

29 mai 2020 // Hoje temos escolhas de Paulo Querido, Nuno Andrade Ferreira, Ana Roque.

🐃 Ideologia e coronavírus

Há duas abordagens para enfrentar o desafio do coronavírus: as propostas libertárias dão prioridade à economia acima da saúde pública, enquanto as propostas socialistas dão prioridade à saúde pública acima da economia.

Os países libertários dependem do desenvolvimento da “imunidade do rebanho” à doença, em vez de impor distancias sociais e “lockdowns“, que visam, em vez disso, reduzir a propagação da infeção. Ao contrário das medidas socialistas, a abordagem da “imunidade do rebanho” não necessita de qualquer regulamentação, porque permite que a doença se propague de modo a que as pessoas que sobrevivem se tornem predominantes; permite que a sobrevivência do rebanho siga o seu curso, de modo a desenvolver um “rebanho forte”.

Esta abordagem é considerada óptima para os proprietários de empresas, porque lhes permite continuar a fazer negócios e a ter lucro, independentemente do número de empregados que não aparecem para trabalhar — quaisquer empregados desse tipo serão simplesmente substituídos. Só os trabalhadores e consumidores sofrem a doença, a morte e outras perdas – é assim que funciona a abordagem libertária. É a liberdade máxima, para os proprietários das empresas

[Eric Zuesse – Strategic Culture Foundation]

🗽 Como é que um vírus se espalha nas cidades? É um problema de escala

A cidade de Nova Iorque tem sofrido de Covid-19 de forma desproporcionada em relação à sua população, sim, mas não por causa da densidade. Pelo menos, não da forma como a maioria das pessoas entende a palavra.

Uma forma de falar de densidade é através do número de pessoas num espaço geográfico – densidade populacional, ou pessoas por quilómetro quadrado. A cidade de Nova Iorque, com uma densidade de cerca de 10.000 pessoas por quilómetro quadrado, refere 234 casos por 10.000 habitantes a partir de 13 de Maio. É muito. Los Angeles, com cerca de 3.300 pessoas por quilómetro quadrado, relata 40,2 casos por 10.000 residentes, e apenas 1.834 mortes, apenas cerca de um décimo das de Nova Iorque.

[Adam Rogers – Wired]

🌳 Será que a pandemia irá empurrar os seres humanos para uma relação mais saudável com a natureza?

Grupos verdes e organizações internacionais tinham classificado 2020 como um super ano para a biodiversidade das plantas e dos animais do planeta, uma vez que estava previsto selar novos acordos globais.

Mas as negociações fundamentais da ONU foram adiadas devido à pandemia de coronavírus que muitos ambientalistas atribuem, pelo menos em parte, à incapacidade de proteger a natureza, o que facilitou a transição dos vírus dos animais para os seres humanos.

[Thin Lei Win – Reuters]

🇨🇳 Diário de Wuhan, NLR 122, Março-Abril de 2020

A documentarista e estudiosa de género Ai Xiaoming regressou à sua cidade natal, Wuhan, em Janeiro de 2020, para passar as férias de Ano Novo Lunar com o seu pai mais velho. Durante o confinamento do coronavírus, publicou uma série de entradas no site Matters, sob a forma de clipes áudio, fotografias, poemas e prosa, bem como o roteiro de uma peça composta inteiramente de mensagens telefónicas, ilustradas por uma foto de prédios de apartamentos altos. Aqui publicamos um excerto da primeira entrada.

[Ai Xiaoming – New Left Review]

🧫 Utilização de águas residuais para monitorizar a COVID-19

Um documento recente de um grupo internacional de investigação envolvendo a Universidade de Hokkaido e a Universidade de Yamanashi, no Japão, mostra como as águas residuais podem constituir um instrumento útil para monitorizar a COVID-19 e destaca a investigação suplementar necessária para desenvolver este método como um método viável de rastreio de surtos de vírus.

paper foi publicado em Science of the Total Environment (PDF aqui).

As principais vias de transmissão da SRA-CoV-2, o vírus que causa a COVID-19, são a inalação de pessoa a pessoa, aerossóis ou gotículas e a transmissão através das mãos ou de materiais contaminados. Contudo, existem provas crescentes de sintomas gastrointestinais, como diarreia, entre os doentes com COVID-19, tendo sido encontrado material genético do vírus não só nas fezes dos doentes, mas também nas águas residuais.

[MasaakiKitajima et al – Hokkaido University 🔐]

CURTAS

🥒 Aumentar a resiliência: como poderia ser um sistema alimentar seguro?. A COVID-19 está a esvaziar as prateleiras, obrigando os produtores de leite a despejar leite, fechando as instalações de embalagem de carne e deixando muitos de nós preocupados com a escassez de alimentos. A pandemia mostra que as preocupações com a segurança alimentar são reais[Ryan Stuart – CBC News]

Os testes de anticorpos podem dizer-nos quem é imune à COVID-19?. O interesse é compreender como o sistema imunitário responde a vírus, em especial os que podem ser transmitid0s pelos animais aos seres humanos, como a SRA-CoV-2. Eis uma lista de diferentes aspectos dos testes de anticorpos, incluindo as suas promessas e advertências[Byram W. Bridle – The Conversation]

BOOKMARKS

  1. 📈 Direção-Geral de Saúde: ponto de situação atual em Portugal (link)
  2. 💊 Mapping COVID-19 Research: The “Map of Hope” provides a geographical overview of planned, ongoing and completed clinical trials. (link)
  3. 📊 Dashboard Interativo – Evolução do Covid-19 em Portugal e no mundo (link)
  4. 📊 Reuters: breaking the wave (link) (enviado por Marisa Torres da Silva)
  5. 📊 ESRI: Evolução Covid-19 em Portugal – Dados Adicionais (link) (enviado por leitor anónimo)
  6. 📈 European monitoring of excess mortality for public health action (link) (enviado por Manuel Carreira)
  7. 🕸️ Google: See how your community is moving around differently due to COVID-19 (link)
  8. 🏙️ Público: Como está a evoluir a pandemia onde eu vivo (link)
  9. 🏛️ Oxford University: Government Response Tracker (OxCGRT) (mapa das políticas de resposta, RECOMENDADO) (link)
  10. Ministério da Saúde: Vigilância da mortalidade (link)
  11. Uns estão a vencer, outros não: que países estão a safar-se melhor na luta contra a COVID-19? (link)
  12. Pordata: Números da Crise. Dezenas de indicadores-chave para melhor analisar o impacto económico e social da Covid-19 em Portugal (link) (enviado por leitor anónimo)

Conhece um gráfico, documento ou interatividade excelente que deva estar nesta lista de bookmarks? Sugira enviando-nos uma mensagem.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.