Crónica do Rei-Poeta Al-Mu’Tamid | Ana Cristina Silva

acs

Sinopse

Al-Mu’ Tamid nasceu em Beja, em 1040. Nessa época, a poesia e a cultura floresciam nas cortes árabes, mas após a queda de Córdova, o Sul de Espanha fragmentara-se em inúmeras taifas que se digladiavam entre si ao sabor das aspirações de poder e de prestígio. Herdeiro de uma das mais poderosas dinastias então reinantes que governava Sevilha, Al-Mu’ Tamid era um homem de índole benévola, amante de tertúlias, e um dos mais notáveis poetas do al-Andaluz. Nesta crónica ficcionada, escrita já no exílio pelo Rei-Poeta, Ana Cristina Silva, para além dos acontecimentos trágicos que marcaram o seu reinado, leva-nos a imaginar como terá sido, intimamente, o homem que teve de encarnar a personagem que ficou para a história.
Crónica do Rei-Poeta Al-Mu’Tamid de Ana Cristina Silva
Ana Cristina Silva é docente universitária no ISPA-IU. Doutorada em Psicologia da Educação, especializou-se na área da aprendizagem da leitura e da escrita, desenvolvendo investigação neste domínio com obra científica publicada em Portugal e no estrangeiro. Publicou até ao momento sete romances, Mariana, todas as Cartas (2002), A Mulher Transparente (2003), Bela (2005), À Meia Luz(2006), As Fogueiras da Inquisição (2008), A Dama Negra da Ilha dos Escravos (2009) e Crónica do Rei-Poeta Al- Um’Tamid (2010).

Goldman Sachs Stocks to Buy in Defense and Warfare

24/7 Wall St.

Apache Block III Ceremony and First FlightGoldman Sachs Group Inc. (NYSE: GS) is known rather well for making sector-moving research calls that create ripples due to the vast amounts of money that can flow in and out of sectors when they make bold predictions. The firm has now decided that defense stocks are attractive, and the firm issued a new list of stocks to buy that deal in defense and warfare. This is a call that will appeal to value investors and income or dividend investors alike.

Lockheed Martin Corp. (NYSE: LMT) was covered on this morning’s top analyst upgrades and stocks to buy because this stock was moved up to the prized Conviction Buy List. The firm’s price target is now $127, for about 20% in implied upside. Be advised that the consensus price target is $100.60 as of now, and that is about $7 lower than the current share price…

View original post mais 141 palavras

Dupa dealuri (2012) de Cristian Mungiu

À pala de Walsh

Em declarações sobre o seu último filme Dupa dealuri (Para Lá das Colinas, 2012), Cristian Mungiu diz, indignado, que durante o período em que o estava a realizar abriram 300 novas igrejas na Roménia e que, ao todo, no país existem cerca de 5000, enquanto que escolas são apenas 500. Esta “numerologia” torna evidente a intenção crítica do cineasta ao adaptar o romance da escritora Tatiana Niculescu Bran sobre um caso real de exorcismo trágico numa comunidade cristã ortodoxa.

Parece claro que tudo isto carrega aqui um peso de responsabilidade de denúncia que, não só entronca genericamente na veia desconstrutiva de toda a herança comunista com que o novo cinema romeno se afirmou, como mais concretamente na própria gravitas que colou ao seu universo. Nesse sentido, o filme que lhe valeu a Palma de Ouro, 4 luni, 3 saptamâni si 2 zile (Quatro Meses, Três Semanas e Dois Dias, 2007)…

View original post mais 594 palavras

“Os países lusófonos têm que cooperar”

Blogue do IILP

marceloO ministro-conselheiro da delegação do Brasil na UNESCO, Marcelo Dantas, considerou hoje que “o futuro da língua portuguesa no plano internacional está ligado ao que vai acontecer com o Brasil, Angola e Moçambique nos próximos 10 ou 20 anos”.

“O dinamismo que se está a notar no continente africano injeta um entusiasmo em relação à língua portuguesa”, disse Marcelo Dantas à agência Lusa à margem do congresso sobre “A língua portuguesa no mundo” que terminou ontem, em Paris.

O representante brasileiro defendeu que para uma língua se afirmar internacionalmente tem que ter alguns aspectos, tais como um grande número de falantes dispersos geograficamente por vários países, uma relevância cultural e uma relevância econômica. “A língua portuguesa preenche esses requisitos”, afirmou.

Mas o interesse suscitado pelo português por motivos econômicos por si só não promove a língua, “tem que haver uma política intensa de promoção da língua, os países lusófonos têm…

View original post mais 333 palavras

Seven Annoying Things People Say to Pianists

The Bookshelf of Emily J.

I was talking to one of my friends recently about the problems with being a pianist.  She plays the piano like I do, and we are often asked to accompany people at our church when they sing or play another instrument.  We came to the conclusion that it really is a thankless job, even though we enjoy doing it.

This conversation prompted me to think of seven of the annoying things people commonly say to pianists.

1. “I wish I could play as well as you do.”

Well, you can.  You just need to start practicing.  Begin taking lessons, and then practice for an hour or more a day for at least ten years.  Then you’ll be as “good” as me.

2. “I’m just not blessed with that talent.”

Neither am I.  See my response to comment number 1.

3.  “Can you accompany me tomorrow?  The music has four sharps…

View original post mais 411 palavras

ASSALTO CHINÊS ARRASA PENTÁGONO in “Inteligência Económica”

Um desastre total! Como revela o Washington Post, Pequim roubou tudo o que havia para roubar de segredos nos mais secretos recantos do Pentágono. As unidades militares chinesas de hackers assaltaram, nos últimos anos, o Pentágono como nunca acontecera e ficaram na posse dos planos das armas mais secretas dos EUA: todo o programa do F-35, o caça de nova geração e o mais caro da história, mas também a nova versão do F-18 Super Hornet, o helicóptero UH-60, o transporte híbrido V-22 Osprey (a meio caminho entre o avião e o héli), os futuros navios de defesa de costa da US Navy, uns revolucionários trimarans, as tecnologias e planos de defesa anti-míssil (Patriot e Aegis), os radares mais avançados… enfim, todos os sitemas de armas vitais, resultado de décadas de investimento em pesquisa e desenvolvimento e nque constituem o coração da supremacia americana. Para além do acesso às tecnologias, este roubo significa também que Pequim pode sabotar os sistemas de armas americanos ou, dito de outro modo, “so just like in the movie Independence Day, in theory Chinese hackers could use electronic warfare to give F-35 weapons systems a cold, make them sick, and essentially inoperable… Attacks would be expected to include denial of service, data corruption, supply chain corruption, traitorous insiders, kinetic and related non-kinetic attacks at all altitudes from underwater to space. U.S. guns, missiles, and bombs may not fire, or may be directed against our own troops”. Um desastre total que durou uma década: “entre 1999 e 2009, as portas estiveram abertas para a espionagem chinesa”.

Ler mais:

http://inteligenciaeconomica.com.pt/?p=17897&utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=

Feed%3A+inteligenciaeconomica+%28Intelig%C3%AAncia+Econ%C3%B3mica%29 … (FONTE)

bcc-h-1516021-jpg_1400802