GIRO DO HORIZONTE – ESTÁ NA HORA – por Pedro de Pezarat Correia

A Viagem dos Argonautas

 10550902_MvCyL[1] Aí temos em toda a sua crueldade, a ambição do tão aclamado Sá Carneiro, única “obra” que terá deixado da sua passagem pela política: um presidente, uma maioria, um governo. De direita, claro, populucha e inculta, reaccionária e beata, mesquinha e vingativa, vaidosa e balofa e até, pasme-se, desajeitada e incompetente. A que se identifica com o que de pior há na herança do fatalismo sebastianista e da reverência inquisitorial da nossa identidade e que trouxe o Portugal democrático de Abril ao estado comatoso em que se encontra.

 É dramático porque é um quadro que resulta de uma escolha livre, condicionada certamente, mas livre dos portugueses. O descrédito que este poder nefasto, tentacular, está a infiltrar na percepção da democracia, é uma ameaça que paira sobre a liberdade, porque cada vez mais as legiões dos desempregados sem retorno, da juventude sem futuro, dos reformados espoliados sem defesa, dos desencantados…

View original post mais 484 palavras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.