FRAGMENTOS MÍNIMOS DO “LIVRO DE EROS” | ILUSTRAÇÕES DE MARC CHAGALL | CASIMIRO DE BRITO

11
Não me amputes, amor. Não retires de mim a tua mão.

14
O sexo é um festim; amar, uma cerimónia.

37
Eros, um deus? Com saudáveis pés de barro.

60
A arte de amar, sem ti, não me serve para nada.

72
Vuci, fera, que não te estou a sentir.

97
Pássaro preso, o coração, quando se assusta.

108
Amando, separo o bem do mal. Ainda não aprendi a amar.

121
Essas vezes em que ele me ilumina, o sorriso de quem se afasta.

123
Alguma coisa me dás se me dás o eu desamor.

133
Uma paixão paciente?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s