VERSOS DIVERSOS | O GALO E O PASTOR Soledade Martinho Costa

(Para os mais pequenos)

Pezinhos de lã

Chega a madrugada

E o galo cantor

Lá do seu poleiro

Cocoró-cocó!

Canta a alvorada.

―- Salta lá, pastor

Da cama para fora

Vamos ao trabalho

Que já está na hora!

E enquanto o rebanho

Solta no redil

Um balido manso

O galo cantor

Canta sem descanso:

―- Cocoró-cocó!

Que vagar o teu

Acaso não viste

Que o dia nasceu?

E pronto, lá vão

Homem e rebanho

Mais o cão rafeiro

Por pedras e mato

Caminho do pasto

Passinho ligeiro.

Pezinhos de lã

A tarde pousou

Tremeluzem estrelas

No manto de anil.

Cucurica o galo

Baixo, no poleiro:

―- Lá vem o rebanho

De volta ao redil

Já ouço o rafeiro

E a voz do pastor

Regressam a casa

A lida acabou.

E muito lampeiro

Ajeita a cabeça

Debaixo da asa:

―- Por hoje me calo

Diz o senhor galo

A noite chegou!

Soledade Martinho Costa

Do livro «O Bico-de-Lacre»

Edições Vela Branca

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.