A oportunidade perdida do PCP e do Bloco de Esquerda | Carlos Matos Gomes

A “gerigonça” (um termo detestável, mas eficaz) constituiu uma aragem de frescura e de esperança no ambiente político português e europeu, que contrariava a ascensão do neoliberalismo nas suas várias vestes, mais bem comportado ou mais arruaceiro. A entrada na área do governo de um Estado da União Europeia de um partido caraterizado pela máquina de propaganda dominante como da esquerda radical e outro de estalinista, constituía um bom exemplo de que havia alternativa ao neoliberalismo, à destruição do estado social e à lei da selva. A geringonça era um bem comum dos progressistas, que fosse um fenómeno português devia ser motivo de especial cuidado na sua preservação e desenvolvimento.

O PCP e o BE não tiveram a largueza de vistas, a grandeza de perceber o que era fundamental: a esperança e a viabilidade de uma saída progressista para a ditadura neoliberal. Preferiram o pequeno, o que sendo importante, era menor perante o desafio, preferiram colocar-se de fora dessa batalha e voltar à segurança da “luta” por melhores salários e pensões, por horas de trabalho e dias de licença, como fazem há anos, rotineiramente, firmes e hirtos enquanto o mundo muda.

Há uma velha história da luta da águia e do corvo: a águia voa alto e vê longe. O corvo anda cá por baixo a debicar o que brilha, o corvo aproveita o olho da águia e coloca-se às suas costas, a águia, em vez de o enxotar, sobe até o corvo já não poder respirar e cair. Os romanos tinham uma frase que caraterizava a pequenez das pequenas coisas: de minimis non curat praetor – o pretor não trata de insignificâncias.

Em tempo de grandes batalhas, o PCP e o BE trataram de escaramuças e os portugueses perceberam.

Retirado do Facebook | Mural de Carlos Matos Gomes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.