Tita Alvarez | BEM-VINDOS AO CIRCO EUROPEU!

Alemanha, França, Itália, Espanha e até a Suíça preparam-se para apagões programados. Mais tarde ou mais cedo teria de acontecer: a falta de luz nas cabecinhas das lideranças teria de extravasar para o exterior.

Entretanto, esses mesmo e outros países Europeus, falam de aumentarem despesas militares. Há muito que andam armados em parvos e portanto não me espanta que pensem que tudo será possível ao mesmo tempo: cair na produção industrial e agrícola, enquanto se cresce na produção de armas.

Enviar mais armas para a Ucrânia e ter mais armas em casa. Combater os russos e reprimir internamente as populações descontentes. Reforçar a coesão da União Europeia, enquanto se ameaçam as vozes discordantes dessa fingida União.

Tantas contradições obviamente produzirão choques e ruturas mas parece haver uma certeza no caminho de degradação, confirmada de resto pela contínua degradação das lideranças.

O caso britânico é paradigmático: desde Thatcher até Truss, o caminho foi sempre descendente. Esse mergulho foi mais acentuado depois de Cameron: Teresa May>Boris Johnson>Liz Truss. Mas não nos iludamos: ainda é possível ir mais baixo, sempre é.

No caso alemão foi menos visível porque Merkel esteve muito tempo no poder mas podemos constatar que mesmo ela se foi degradando, à medida que o tempo passava.

O caso francês também não é exemplo para ninguém:

Chirac>Sarkozy>Hollande>Macron.

O patrão deles todos também não se pode rir: desde Reagan até Biden, houve uma aparência de normalidade com Obama mas de Bush pai, Clinton, Bush filho, Trump e agora Joe, há uma clara decomposição (no sentido cadavérico do termo).

E a mesma falta de lógica: querer ao mesmo tempo enfraquecer a Europa e fortalecer a NATO, humilhar os aliados asiáticos e reuni-los contra a China tudo isso enquanto em casa se hostilizam os adversários sob a acusação de sedição, pensando que empurrá-los contra a parede vai ser bom para a Unidade Nacional.

A loucura deste circo é geral: nenhum lugar mais para acrobatas, funâmbulos, domadores: todos os números estão entregues aos palhaços que são simultaneamente os gestores da empresa.

Contam com os prestidigitadores dos media para esconder o desastre mas o circo já pegou fogo e ninguém está autorizado a chamar os bombeiros.

Retirado do Facebook | Mural de Vitor Mineu

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.